Manchetes

Menu

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Missão - Uma exigência da catolicidade da Igreja

Imagem relacionada

“Enviada por Deus às nações para ser ‘o sacramento universal da salvação’, a Igreja, em virtude das exigências de seu fundador, esforça-se para anunciar o Evangelho a todos os homens”.
“Ide, portanto, e fazei que todos os povos se tornem discípulos, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo e ensinando-os a observar tudo quanto vos ordenei. E eis que estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos” (Mt 28,19-20).


A fonte do mandato missionário da Igreja é no amor eterno da Santíssima Trindade, pois “ela se origina da missão do Filho e da missão do Espírito Santo, segundo o desígnio de Deus Pai”, a fim de que os homens participem da comunhão que existe entre o Pai e o Filho em seu Espírito de amor.
O motivo dessa missão é que “Deus quer que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade"(1Tm 2,4), por esse amor de Deus por todos os homens que a Igreja sempre tirou a obrigação e a força de seu elã missionário; e quem a move e a conduz é o Espírito Santo, trilhando assim o mesmo caminho de Cristo até chegar a Ressurreição.
A tarefa missionário implica em anunciar o Evangelho aos povos e aos grupos que ainda não crêem em Cristo, tendo um diálogo respeitoso. Os fiéis podem tirar proveito desse diálogo, e assim, anunciando a Boa Nova podem assim ajudar a completá-los, levando-os a conhecer a verdade e o bem que Deus difundiu aos homens.
Portanto, todos nós, fiéis-cristãos, temos a MISSÃO de levar a Boa Nova a todos, sem distinção, por amor que Deus tem a todos os homens, nossos irmãos em Cristo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Slide

Google+ Followers

Oração de São Francisco


Oração de São Francisco de Assis Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz. Onde houver ódio, que eu leve o amor; Onde houver ofensa, que eu leve o perdão; Onde houver discórdia, que eu leve a união; Onde houver dúvida, que eu leve a fé; Onde houver erro, que eu leve a verdade; Onde houver desespero, que eu leve a esperança; Onde houver tristeza, que eu leve a alegria; Onde houver trevas, que eu leve a luz. Consolar, que ser consolado; compreender, que ser compreendido; amar, que ser amado. Pois, é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado, e é morrendo que se vive para a vida eterna. Amém