Manchetes

Menu

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Imagens intactas nas catástrofes

O Crucificado incólume junto às ruínas da catedral de Port-au-Prince, após o terremoto de Haiti em 2010

O Cruzeiro incólume nas ruínas da igreja do Sagrado Coração de Jesus, em Port-au-Prince, capital do Haiti, após o terremoto de 2010

Por que?

Não há uma aviso de Nosso Senhor e de Nossa Senhora para termos confiança de que Eles no fim triunfarão contra todas as aparências em sentido contrário?


Em Núrsia: bombeiros tiram das ruínas imagem íntegra de São Bento

Imagem de São Bento resgatada intacta de cripta esmagada pelos escombros da basílica que ruiu em terremoto

Imagem de São Bento resgatada intacta de cripta
esmagada pelos escombros da basílica que ruiu em terremoto

Quase cinco meses após o terremoto que devastou o centro da Itália e arrasou a famosa basílica de São Bento em Núrsia, construída no local onde nasceu o Patriarca do Ocidente, um grupo de bombeiros ingressou nas ruínas e resgatou, assombrosamente intacta, uma imagem do padroeiro da Europa, conforme noticiou ACIPrensa.
Com o terremoto do dia 30 de outubro de 2016, nas regiões italianas de Úmbria e Marche, só a fachada dessa basílica ficou em pé, e mesmo assim em estado periclitante.
Todo o resto virou entulho, do qual foram salvas algumas peças artísticas. O ingresso, inclusive à cripta, ficou interditado, por grave perigo de novos desabamentos.
No dia 21 de março de 2017, na festa do Trânsito de São Bento, alguns bombeiros internaram-se nas profundezas dos restos, chegando pela primeira vez até a antiga cripta sepultada pelos escombros.
E com admiração encontraram a estátua de bronze do santo, que se sabia que estivera ali, constatando estar ela incrivelmente íntegra. Conseguiram resgatá-la.

Os bombeiros italianos no momento que removem a imagem da cripta em ruínas

Os bombeiros italianos no momento que removem a imagem da cripta em ruínas

No vídeo difundido pelos bombeiros (ver abaixo), eles aparecem avançando numas como que cavernas de entulho para chegar à cripta.
Após trazê-la à luz, a bela imagem foi recoberta com uma das casacas dos bombeiros, como eles fazem com as pessoas resgatadas.

Foi nessa cripta que, segundo a tradição, nasceram São Bento e sua irmã Santa Escolástica. O prefeito de Núrsia, Nicola Alemanno, sublinhou que “o incrível é que nessa capelinha completamente destruída, uma pequena estátua de São Bento permaneceu em pé”.
Na praça principal, diante da basílica arruinada, o prior da comunidade beneditina de Núrsia, P. Benedicto Nivakoff, agradeceu ao “nosso padroeiro [que] nos salvou a vida”, porque “é um milagre nós não termos morrido em 30 de outubro enquanto rezávamos no interior da basílica”.
Segundo o jornal “Il Giornale” de Milão, foi uma surpresa achar a estátua, que se encontrava em um nicho.

O prefeito da cidade, citado pelo jornal milanês, disse outra coisa surpreendente:
“Todos os monumentos ficaram danificados, exceto as estátuas de nosso santo protetor”, informou o jornal “Il Corriere della Sera”.


A referência especial é à famosa estátua de mármore do santo, que se ergue isolada no centro da praça principal da cidade.
Ela permanece inabalada, diante da basílica destruída e do prédio da prefeitura gravemente danificado, como outrora os mosteiros beneditinos ficaram em pé numa Europa devastada pelas invasões bárbaras.

A grande estátua de São Bento incólume na cidade em ruínas

A grande estátua de São Bento incólume na cidade em ruínas

Embora alta e sustentada apenas por um pedestal, ficou impávida e íntegra, de um modo considerado “milagroso” pelo jornal milanês.
Os recursos para reconstruir a basílica foram garantidos repetidas vezes pela União Europeia. Além desse financiamento, os monges receberam promessas no mesmo sentido do governo italiano e de organismos internacionais e pessoas do exterior.
Mas irrompeu simultaneamente um anúncio, que poderá causar mais danos ao patrimônio religioso da cidade e da Europa do que o próprio terremoto.

Porém, bispo pode apagar o passado beneditino de Núrsia


Os monges beneditinos de Núrsia informaram que, contrariamente à sua vontade, o arcebispado decidiu não reconstruir a basílica em seu antigo estilo, mas sim num “estilo moderno” que rompe com o passado histórico e a finalidade do prédio.
Os monges explicaram que a Arquidiocese de Spoleto-Norcia é a proprietária dos prédios, segundo informou LifeSiteNews.
Eles receberam ordem de se mudar definitivamente para uma propriedade rural monástica a três quilômetros da cidade.
O Dr. Robert Moynihan, editor da revista “Inside the Vatican”, disse que os monges contaram que as partes remanescentes do convento virarão “residência episcopal temporária”.

Mostra pornográfica na igreja de San Francisco, em Cássia, antes do terremoto. Foto reduzida para não ressaltar os detalhes obscenos

Mostra pornográfica na igreja de San Francisco,
em Cássia, antes do terremoto.
Foto reduzida para não ressaltar os detalhes obscenos.
Revolução Cultural atrai castigos e desgraças.
Veja: "Cara e coroa" dos terremotos na Itália"

Antes do terremoto, os monges levavam uma vida de estrita observância e celebravam o rito extraordinário da Missa em latim.
Eles tinham restaurado importantes partes da basílica e do mosteiro, inclusive a biblioteca, as celas monásticas e a torre do sino, bem como encomendado belos quadros da Crucifixão para o refeitório.
“Essa época da vida do mosteiro acabou, segundo parece”, acrescentou Moynihan.
A decisão do arcebispo de Spoleto-Norcia, Mons. Renato Boccardo, causou consternação.
Diante das reações, em declarações à agência SIR, o bispo pareceu dar meio passo atrás, acenando para “um concurso internacional aberto a todos”, informou ACIPrensa.
Não ficam excluídos os projetos modernistas, mas foram convidados “os grandes nomes da arquitetura”, os quais, de modo geral, são ousadamente vanguardeiros e infensos à tradição católica.
Em termos enrolados, o arcebispo disse visar “um projeto que mantenha reunidas as partes que ficaram da igreja, da fachada, da abside, da base do campanário, unidos com uma nova aula litúrgica que conserve a memória do passado, se abra ao presente e ao futuro valorizando os restos do terremoto que são cicatrizes que não podemos apagar”.
O prelado anunciou que todas as obras artísticas e ornamentos sagrados recuperados nas igrejas foram transladados para uma espécie de museu denominado “local da memória” temporário.
Os monges e os católicos de Núrsia temem que esse seja o destino final do projeto que o arcebispo modernizado deseja ver triunfar a priori “num concurso internacional aberto a todos”, mas com as cartas marcadas para qualquer coisa que não seja a restauração do prédio tradicional.
Se for efetivada essa ruptura com o passado religioso e histórico do local, mãos humanas terão feito uma destruição maior que os terremotos. E mãos episcopais consagradas!

Vídeo: Bombeiros tiram imagem de São Bento íntegra das ruínas

Milagre em Petrópolis?
Frágil imagem de Nossa Senhora das Graças resistiu à enxurrada devastadora

A imagem de Nossa Senhora das Graças  no Vale do Cuiabá, Petrópolis

A imagem de Nossa Senhora das Graças
no Vale do Cuiabá, Petrópolis

O Brasil ainda conta os falecidos nos desabamentos da noite de 11 para 12 de fevereiro de 2011, na região serrana do Estado do Rio.
No momento que escrevemos o número chegou a 902 e há 400 desaparecidos.
Tratou-se da mais mortífera catástrofe natural da história do Brasil desde que há cômputos fiáveis.
Entretanto, uma frágil imagenzinha de gesso de Nossa Senhora das Graças resistiu de modo surpreendente à enxurrada mortífera, sem se mover do oratório onde estava sem nada que a prendesse, segundo informou o site Terra.
Ela não deixou de ser atingida pelas águas lamacentas do rio Santo Antônio que derrubaram e sepultaram casas, que arrastaram carros como se fossem de rolha, árvores e, pior ainda, ceifaram numerosas vidas.
Só no Vale do Cuiabá, Petrópolis, onde se encontra a imagem foram recuperados 72 corpos e 26 pessoas estão na lista de desaparecidos.
A prova que a imagem resistiu de modo incrível esta inscrita nela mesma: ela está cheia de barro quase até a cintura, como também o simples oratoriozinho aberto que a protegia das intempéries.
A enxurrada descontrolada e assassina a envolveu, mas não pôde nada contra Ela.

Confira: clique para ampliar

Dias depois, em torno dEla, registrou o site Terra, postes, móveis, veículos, roupas e a vegetação ainda formavam montanhas de entulho, exalando forte cheiro.
A imagenzinha de Nossa Senhora das Graças miraculosamente preservada sugere uma lição: é só aos pés de Nossa Senhora, agarrados a Ela que encontraremos proteção e segurança, mesmo nas horas em que parece que o perigo vai nos engolir.
A população local está agradecida, rebatizou-a Nossa Senhora do Vale do Cuiabá e a protegeu com uma redoma.
Perigos há muitos e podem nos pegar de surpresa no momento mais inesperado. Com Nossa Senhora não teremos nada a temer.

A tragédia natural que mais vítimas fez
na história brasileira

Mas, sem Ela... ali está o trágico exemplo do Vale do Cuiabá em Petrópolis: quantos dos que água levou rezavam seriamente a Nossa Senhora e procuravam imitar suas virtudes?
Como se apresentaram diante de Deus no dia de seu juízo particular que tudo indica foi esse mesmo momento da catástrofe?
Rezemos pelo repouso eterno de suas almas e nos encomendemos à misericórdia da Mãe de Deus, nosso divino e amado Juiz e Redentor.

Imagens católicas milagrosamente poupadas
pelas tempestades nos EUA

Capa "The Wall Street Journal" 31/10/2012

Capa do "The Wall Street Journal" 31/10/2012

Dover, New Jersey: a imensa árvore rachou  justo acima da cabeça de Nossa Senhora mas nem a tocou.  "É um milagre dizem os vizinhos"

Dover, New Jersey: a imensa árvore rachou
justo acima da cabeça de Nossa Senhora mas nem a tocou.
"É um milagre dizem os vizinhos"

As tempestades que atingiram a costa leste dos EUA em 2012, causaram ingentes danos materiais e também perdas de vidas.
Porém, a imensidão da capacidade destrutiva desses fenômenos naturais nada foi diante do poder de Nossa Senhora.
É o que pensam, por exemplo, os habitantes da cidade de Dover, no estado de New Jersey, atingidos por uma inesperada tempestade na noite de nove para dez de junho deste ano.
Eles puderam contemplar atônitos uma colossal árvore que rachou e caiu sem causar um arranhão sequer a uma imagem de Nossa Senhora que se encontrava debaixo dela.
Um vídeo produzido pela NBC exibe de diversos ângulos a imagem de Nossa Senhora e o grau de periculosidade da grande árvore caída.
A tempestade danificou residências e carros no bairro, mas a família dona da imagem está certa de que Nossa Senhora salvou suas vidas, pois se a árvore tivesse caído sobre a casa, esta teria sido esmagada.

Técnico eletricista e não crentes não conseguem entender

Técnico eletricista e não crentes não conseguem entender

Seu dono, James Janone, não podia acreditar vendo a árvore derrubada em seu jardim.
Tudo foi embora na queda, mas a imagem ficou incólume.

“É curioso – dizia o técnico eletricista Mike, enquanto consertava os fios da rua –, esta árvore deveria ter caído de qualquer jeito, mas o fez do lado certo para não danificar Nossa Senhora”.

Os vizinhos se reuniram no local e diziam que foi um milagre.
“Foi um milagre”, insistia o vizinho Ed Soto.
Soto contou que ajudou a colocar a estátua naquele local há cinco anos, para ajudar um amigo a abandonar o vício da droga.
“Tivesse tombado de outro jeito, teria destruído a casa”, disse.
Jeff e Patti Taylor não acreditam em milagres, talvez nem sejam católicos, mas, impressionados, diziam: “Há alguém que está nos protegendo lá encima”.

O infernal incêdio que nada pôde contra Nossa Senhora das Graças

No espetáculo de cidade bombardeada, Nossa Senhora é único ponto de referência

No panorama de cidade bombardeada,
Nossa Senhora é único ponto de referência
Foto ABC News.

Bem mais trágico ainda foi o caso verificado no bairro de Breezy Point, na populosa região de Queens, periferia de Nova Iorque, após a passagem da super-tempestade 'Sandy' em 29 de outubro.
A super-tempestade atingiu a cidade de Nova Iorque e a costa leste dos EUA, causando pelo menos 80 mortes e danos materiais estimados em mais de 40 bilhões de dólares.
Estes dados ainda estão sendo revisados, infelizmente, para cima.
Após um dilúvio de água, e de ventos de mais de 130 km/h, um voraz incêndio, provocado provavelmente por um vazamento de gás, transformou o bairro numa imagem do inferno.
Sobrecarregados de tarefas, os bombeiros mal conseguiam atingir os quarteirões afetados pelas chamas.
Pois, paradoxalmente, as ruas estavam inteiramente alagadas.
O incêndio rugiu a noite toda e reduziu a cinzas mais de cento e dez casas. Tudo ruiu.
Ao amanhecer, o espetáculo era o de uma cidade bombardeada, quiçá por uma bomba atômica.
Mas ali, sozinha, íntegra, apenas escurecida pelas labaredas, diante do que foi uma casa da qual se pode discernir a sapata, ficou uma imagem de Nossa Senhora das Graças. As notícias não falam sobre o sucedido com os habitantes.

Uma lição

O bairro ficou reduzido a cinzas. Mas Nossa Senhora das Graças ficou em pé, sozinha.

No bairro reduzido a cinzas, só Nossa Senhora das Graças ficou em pé.
Foto Daily Mail

Podem ainda acontecer muitas coisas extremamente gravesnas nossas vidas.
Aliás, Nossa Senhora falou abundantemente disso em La Salette e em Fátima.
Mas Ela é a Rainha junto da qual nada devemos temer.
Junto de Nossa Senhora não só fisicamente, colocando sua imagem no lar ou no jardim.
Mas com o coração bem colado no Imaculado Coração de Maria.
O que equivale dizer, praticando seriamente nossas obrigações de piedade e ajustando nossa vida, nossos costumes e nossa conduta a cada dia.

O inferno das chamas nada pôde nada contra Ela

O inferno das chamas não pôde nada contra Ela. Foto The Washington Times

Fazer isso, primeiro para amar mais e melhor a Nossa Senhora.
Segundo, para que as labaredas e os cataclismos há tanto tempo anunciados pela Mãe de Deus não nos engulam na hora menos esperada.

A imagem de Santo Antônio

Santo Antônio, Breezy Point, Queens, área de Nova Iorque

Santo Antônio, Breezy Point, Queens.
Foto: International Business Times

P.S.: tínhamos concluído a redação deste post, quando recebemos a fotoao lado, também reveladora de uma extraordinária proteção.
A foto foi tirada também em Breezy Point, Queens, área de Nova Iorque.
Trata-se de uma imagem de Santo Antônio, como bem pode se perceber.


Imagens de Nossa Senhora de Lourdes, da Luz e do Sagrado Coração de Jesus admiravelmente salvas nas Filipinas

Com menos de um mês de intervalo, em 2013 duas enormes calamidades caíram sobre as Filipinas, país muito populoso de maioria católica.
O país é um grande arquipélago exposto a fenômenos sísmicos e furacões de rara intensidade.
No dia 16 de outubro um terremoto de magnitude 7.2 atingiu especialmente a ilha de Bohol danificando severamente grandes e sólidas igrejas coloniais, de até 400 anos de antiguidade.
A segunda grande calamidade foi provocada pelo tufão Haiyan (lá denominado Yolanda) em 8 de novembro que causou por volta de 2.500 mortes.
Nas duas imensas tragédias registrou-se o mesmo fenômeno: imagens de Nossa Senhora e do Sagrado Coração de Jesus ficaram admiravelmente indenes.

Por exemplo, a imagem pintada Ver foto ao ladonuma igreja de Bohol: todo o muro da igreja caiu, mas a parte dele onde estava a imagem ficou surpreendentemente em pé.
No mesmo terremoto, informa a televisão filipina, diversas imagens, sobretudo de Nossa Senhora de Lourdes, também foram inexplicavelmente salvas.
“É um milagre” dizia Carol Ann Balansag ao jornal Inquirer News, apontando a imagem, intata no meio das ruínas, da padroeira da igreja da Santa Cruz, do século XVIII, em Barangay, província de Bohol.

Entre as ruínas da igreja de Nossa Senhora da Luz, na cidade de Loon, província de Bohol, os fiéis podiam invocar a misericórdia divina e o auxílio e o perdão diante da imagem da padroeira também assombrosamente salva.
Os fiéis fitavam com lágrimas nos olhos a gruta de Nossa Senhora da Luz arruinada, mas a imagem salva.
“O terremoto destruiu a igreja, mas não atingiu nossa padroeira”, dizia o Pe. Tom Balatayo.
Amélia Sevilla agradecia a Nossa Senhora por tê-la salvo a ela, o marido e os quatro filhos. Durante o terremoto, ela correu com eles para a igreja, temendo o tsunami que acostuma vir após a terra tremer.


Veja o vídeo: ele não tem som, pois segundo quem o postou na Internet, está em tagalo, língua incompreensível para nós ocidentais. Mas as imagens são suficientemente eloquentes.

Durante o tufão Haiyan a imagem do Sagrado Coração de Jesus cuja foto vemos ao lado, ficou em pé vencendo a fúria dos elementos.
Não haverá em todas estas proteções um ensinamento, e quiçá um aviso, para todos nós também?

Nossa Senhora de Lourdes intocada por incêndio numa base militar

Imagem de Nossa Senhora de Lourdes, inexplicavelmente intacta após incêndio na base militar de El Goloso, Madri.

Imagem de Nossa Senhora de Lourdes, inexplicavelmente intacta após incêndio
na base militar de El Goloso, Madri.

Em 2015, na base militar de El Goloso nas proximidades da capital espanhola, Madri, sede da brigada de Infantaria Blindada “Guadarrama”, se desatou um incêndio incontrolável que consumiu importante área verde, noticiaram diversos sites espanhóis como Infovaticana e Religión en Libertad.
A vegetação ficou calcinada. Mas, para surpresa dos militares na superfície carbonizada se encontrou intacta uma imagem de Nossa Senhora de Lourdes.
A surpresa foi tanto maior quando os fardados descobriram que o gramado perto da imagem não foi atingido pelo fogo e que em volta da imagem havia uns vasos com flores, também incólumes, que ninguém sabia quem tinha posto.
O fato aconteceu no dia 30 de julho de 2015, em plena onda de calor que afligia Espanha.
Os militares não conseguiam explicar como foi possível que a imagem e as flores nada sofressem, nem mesmo um natural escurecimento e murchamento pelo calor.
O caso se espalhou pelas redes sociais e não faltou quem supusesse uma montagem. Porem, a investigação visando o esclarecimento revelou a improcedência da suspeita.
Nas fotos pode se apreciar que toda a terra está queimada com exceção das proximidades da imagem.
A bem dizer, a maioria dos soldados sequer sabia que havia uma estatueta da Virgem de Lourdes no jardim, malgrado eles fizessem rotineiras giros de vigilância.
Alguns soldados, porém, lhe tinham uma devoção especial, e se tinham encomendado a ela. Aquela imagem de Nossa Senhora de Lourdes até tinha participado em atos oficiais na base militar.

Uma outra foto da mesma imagem.

Uma outra foto da mesma imagem.

O fato foi revelador de uma proteção especial de Nossa Senhora por aquela imagem, aliás, simples e despretensiosa. Foi também um sorriso para os minoritários devotos que tinha no quartel.
E trouxe uma lição para todos.
Podem vir a acontecer fatos inesperados que toquem fogo a um mundo que já está muito ressequido por causa de males e ameaças.
Nessas possíveis eventualidades próximas futuras, em meio a desastres que não conseguimos sequer imaginar, Nossa Senhora – especialmente sob a invocação de Lourdes – atravessará intrépida e incólume junto com os símbolos da devoção de seus fiéis.
E esses fiéis, ainda que tenham sido uma minoria desconsiderada pela maioria incrédula ou ateia, acabarão levando a melhor e serão reconhecidos ante todos como os amados do Céu em meio à tragédia.

Brasil: duas imagens de Nossa Senhora
ficam intocadas por voraz incêndio

Materiais ao redor das imagens foram destruídos, diz sargento Durval Dutra do Corpo de Bombeiros
(Foto Reprodução-TV Tapajós)

Um incêndio devorador... o empenho de esforçados bombeiros superados pelo desastre... uma família que perde tudo... nada pôde ser salvo... e, entretanto, duas pequenas imagens de Nossa Senhora com suas florezinhas em volta permanecem intocadas sobre o altarzinho familiar onde sempre estavam, mas desta vez em meio aos demais objetos carbonizados!
Aconteceu em Santarém, oeste de Pará, na área da Cohab, bairro Diamantino. O incêndio começou por volta de 4h da madrugada da quinta-feira 7 de janeiro de 2016 e quando chegaram os bombeiros já pouco puderam fazer. Veja embaixo o vídeo da TV Tapajós.
Com cada vez maior frequência e intensidade a Providência Divina vem anunciando com a linguagem dos fatos sua crescente intervenção protetora em meio a toda espécie de catástrofes.
É como se tudo se estivesse encaminhando para uma calamidade universal. E Nossa Senhora faz sentir que por maiores que sejam as catástrofes Ela fica sempre intocada.
E em consequência nos precisamos nos voltar para Ela mais do que nunca, antes mesmo da desgraça acontecer e durante a tragédia. A final Ela triunfará.
No caso de Santarém, segundo a informação de G1, e apesar da destruição causada pelo fogo e o susto aos moradores, uma cena chamou atenção da equipe do Corpo de Bombeiros: duas imagens de Nossa Senhora estavam intactas.

As imagens faziam parte de uma espécie de altar familiar e ficavam na sala da casa. A cena foi observada pelo sargento dos Bombeiros, Durval Dutra.
“Todo o teto desabou, mas em um local havia a imagem de Nossa Senhora Desatadora dos Nós e ela continua intacta. Nem as flores que estavam ao redor pegaram fogo.
“A outra imagem parece ser Nossa Senhora da Glória. É um fato constatado no local. Tudo foi destruído, menos as imagens”, relatou o sargento.


De acordo com os Bombeiros, prossegue G1, no momento em que o incêndio iniciou tinham três pessoas e um cachorro dentro da casa. Um dos moradores foi encaminhado ao hospital por inalar fumaça quando tentava salvar o animal que acabou morrendo asfixiado pela fumaça.
Ao todo, cinco viaturas de combate a incêndio se deslocaram para o local e combateram as chamas que atingiram todos os cômodos. Os Bombeiros tiveram trabalho para evitar que o fogo atingisse residências próximas.
A suspeita da família é que o incêndio tenha começado pela sala, em um ventilador e como no local funcionava um ateliê, havia muitos tecidos, revistas e livros que facilitaram para que o fogo se alastrasse rapidamente. A casa ficou parcialmente destruída. As causas do incêndio ainda serão apuradas.

Por :Luis Dufaur

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Slide

Google+ Followers

Oração de São Francisco


Oração de São Francisco de Assis Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz. Onde houver ódio, que eu leve o amor; Onde houver ofensa, que eu leve o perdão; Onde houver discórdia, que eu leve a união; Onde houver dúvida, que eu leve a fé; Onde houver erro, que eu leve a verdade; Onde houver desespero, que eu leve a esperança; Onde houver tristeza, que eu leve a alegria; Onde houver trevas, que eu leve a luz. Consolar, que ser consolado; compreender, que ser compreendido; amar, que ser amado. Pois, é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado, e é morrendo que se vive para a vida eterna. Amém