Manchetes

Menu

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Semana da Família 09 a 15 de agosto

sagrada-familia

Criada em 1992, a Semana Nacional da Família é um evento anual e integra o calendário das paróquias e comunidades de todo o Brasil. A atividade inicia no domingo, 9 de agosto, Dia dos Pais, dentro do clima do mês vocacional, e prosseguirá até o próximo sábado, 15.

O tema central deste ano é “O amor é a nossa missão: a família plenamente viva”. O evento é motivado pela Comissão Nacional da Pastoral Familiar (CNPF), organismo vinculado à Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).


“A Semana Nacional da Família é um evento que vem crescendo a cada ano. Ela acontece num contexto importante de agosto, mês vocacional. É um mês que faz referência às diferentes vocações como a vida consagrada, dos pais, religiosos” pontua o bispo de Osasco (SP) e presidente da Comissão para a Vida e a Família da CNBB, dom João Bosco Barbosa.

Na oportunidade, o bispo deixa um convite: “Queremos convidar todas as famílias, especialmente aquelas que estão engajadas em pastorais e movimentos de família para que façam dessa semana um grande acontecimento em nosso país”.

Sugestões de atividades

Durante a Semana da Família são sugeridas algumas atividades, dentro do contexto local. As escolas podem trabalhar sobre a realidade e os valores da família, além de momentos de estudos e palestras nas comunidades, com espaço para testemunhos de casais, de famílias, jovens e religiosos. Também são oportunas as vigílias pelas famílias nas comunidades; adoração ao Santíssimo em prol das famílias; procissão luminosa, reza do terço, fórum da família; seminários e eventos nas Câmaras Municipais, entre outras.

Dom Bosco recorda que a Semana da Família deve ser estendida para o ano todo, com motivações nas comunidades. “A temática família perpassa o ano todo, sendo uma reflexão transversal de toda ação evangelizadora da Igreja. A escolha de uma semana especial sobre a família é justamente para a reflexão não ficar apenas no âmbito eclesial, mas se trata de uma oportunidade de oferecer também à sociedade o debate referente aos desafios da família”, destaca o bispo.

Segundo o assessor nacional da Comissão Nacional da Pastoral Familiar (CNPF), padre Moacir Silva Arantes, a Semana Nacional da Família é uma expressão de diálogo da Igreja com a sociedade. “É um momento de dar um presente à família. E este presente é uma presença melhor e que possa enriquecer espiritualmente a sua convivência. Convido a todos para participar das celebrações, reflexões e debates da Semana Nacional da Família. Com certeza, por meio destes momentos você estará trazendo para dentro de sua casa um dom precioso de Deus para ajudá-los a viver mais felizes”, explica o sacerdote.

Oração pelas famílias

Deus e Pai de todos nós,
em Jesus, vosso Filho e Senhor Nosso, vós nos fizestes filhos e filhas
na família da Igreja. Que a vossa graça e amor ajudem nossas famílias
em todos os lugares do mundo a permanecerem unidas na fidelidade ao Evangelho.
Que o exemplo da Sagrada Família, com o auxílio de vosso Santo Espírito,
guie todas as famílias, especialmente as mais atribuladas, para que sejam lares de comunhão e oração e sempre busquem vossa verdade e vivam em vosso amor. Por Jesus Cristo nosso Senhor. Amém
Jesus, Maria e José, rogai por nós!

Fonte: http://misericordia.org.br/?evento=semana-da-familia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Slide

Google+ Followers

Oração de São Francisco


Oração de São Francisco de Assis Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz. Onde houver ódio, que eu leve o amor; Onde houver ofensa, que eu leve o perdão; Onde houver discórdia, que eu leve a união; Onde houver dúvida, que eu leve a fé; Onde houver erro, que eu leve a verdade; Onde houver desespero, que eu leve a esperança; Onde houver tristeza, que eu leve a alegria; Onde houver trevas, que eu leve a luz. Consolar, que ser consolado; compreender, que ser compreendido; amar, que ser amado. Pois, é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado, e é morrendo que se vive para a vida eterna. Amém