Manchetes

Menu

terça-feira, 13 de junho de 2017

Causas que levam alguém a fazer uso de drogas

Resultado de imagem para Causas que levam alguém a fazer uso de drogas

Muitas são as teorias que tentam explicar as causas que levam alguém a fazer uso de drogas.
O importante mesmo é achar a saída deste falso amigo que no objetivo de nos iludir, nos tirar a sanidade e a possibilidade de livre escolha.
A droga vicia, anestesia,... aliena a pessoa não só de si mesma como de tudo e de todos.
Tanto as drogas mais pesadas, quanto as menos pesadas, mas que também causam dependências que transtornam nossas vidas, como o comer desordenado, as dependências afetivas e as compulsões sexuais, parecem parte da vida das pessoas que anseiam por um atalho para a felicidade.


Na verdade esta felicidade é quase sempre sinônimo de prazer.
Um outro ponto a ser ressaltado é a baixa tolerância à frustração.
A vida não é algo fácil para ninguém, dada a nossa natureza apegada, possessiva e egoística.
Somos de carne e osso e sentimos maior ou menor dificuldade em lidar bem com a vida e alcançar uma felicidade que seja mais do que um prazer superficial alcançável.
Cada um de nós está mais ou menos capacitado a receber e a reagir aos embates da vida.
Às vezes, por nos sentirmos incapazes ou derrotados, trocamos o atalho do caminho fantasioso do poder e da realização ao invés do caminho lento, porém, sólido da superação passo a passo das coisas, que nos possibilita chegar a outros lugares dentro de nós mesmos e a uma compreensão maior e melhor da vida.
Temos que ir com calma, mas não podemos deixar de pensar que a nossa vida é decisão nossa num certo ponto: nós somos responsáveis pelas escolhas que fazemos e pelas que deixamos de fazer.
Que Deus nos ajude a escolher pelo menos pedir ajuda quando não estivermos mais no comando de nossas vidas e que esta ajuda seja motivada não pelo desejo do caminho mais fácil, mas por aquele que vá nos devolver a possibilidade de livre escolha.

Fonte: psicologiaefe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Slide

Google+ Followers

Oração de São Francisco


Oração de São Francisco de Assis Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz. Onde houver ódio, que eu leve o amor; Onde houver ofensa, que eu leve o perdão; Onde houver discórdia, que eu leve a união; Onde houver dúvida, que eu leve a fé; Onde houver erro, que eu leve a verdade; Onde houver desespero, que eu leve a esperança; Onde houver tristeza, que eu leve a alegria; Onde houver trevas, que eu leve a luz. Consolar, que ser consolado; compreender, que ser compreendido; amar, que ser amado. Pois, é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado, e é morrendo que se vive para a vida eterna. Amém