Manchetes

Menu

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Oração dos três pedidos a Santo Antônio

Imagem relacionada

Esta oração destina-se a recuperar objetos perdidos, lembrar os esquecidos, casos de justiça e casos amorosos. Meu glorioso padre Santo Antônio vós que abrandais as fúrias bravas dos campos, para ventos furiosos, As mares tempestuosas, fazei o meu pedido. Neste momento pede-se o que se deseja e reza-se uma ave maria, uma salve rainha e um creio em deus pai. Meu glorioso padre Santo Antônio pelos 3 dias que andaste em busca do vosso santo breviário, pela agonia que tivestes quando o perdeste, pela alegria que tivestes quando o achaste, fazei meu pedido.

Neste momento pede-se o que se deseja e reza-se uma ave maria, uma salve rainha e um creio em deus pai. Meu glorioso padre Santo Antônio pela hora que o anjo anunciou a morte do vosso pai, Martins de bulhões, pela alegria que tivestes quando o livrastes, pelo vosso hábito, pela primeira missa que celebraste, pelo vosso batismo, pelo gosto que destes à vossa madrinha, obtende o que desejo. Meu glorioso padre Santo Antônio vós que fostes aquele que livrou o vosso pai, Martins de bulhões, que estava preso ao pé da forca de Lisboa para morrer enforcado. Assim espero, meu glorioso padre Santo Antônio, por alma de vossa tia e madrinha que me mostres este milagre, por nosso senhor Jesus Cristo, Amém! Neste momento rezam-se 5 ave marias, cinco pai nossos e cinco glória ao pai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Slide

Google+ Followers

Oração de São Francisco


Oração de São Francisco de Assis Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz. Onde houver ódio, que eu leve o amor; Onde houver ofensa, que eu leve o perdão; Onde houver discórdia, que eu leve a união; Onde houver dúvida, que eu leve a fé; Onde houver erro, que eu leve a verdade; Onde houver desespero, que eu leve a esperança; Onde houver tristeza, que eu leve a alegria; Onde houver trevas, que eu leve a luz. Consolar, que ser consolado; compreender, que ser compreendido; amar, que ser amado. Pois, é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado, e é morrendo que se vive para a vida eterna. Amém